(47) 3028-4941

(47) 9262-6722

 

ALIMENTAÇÃO

NUTRICIONISTA

O Programa de Nacional de Alimentação Escolar, criado em 1955, visava à redução da desnutrição no país e alcançou, em 2004, a visão do direito humano. Por isso, seu objetivo é atender às necessidades nutricionais dos estudantes, durante sua permanência em sala de aula, contribuindo para o seu crescimento, desenvolvimento, aprendizagem e rendimento escolar, bem como a formação de hábitos alimentares saudáveis.
As creche-escolas são uma realidade na vida de grande parcela das crianças brasileiras em idade pré-escolar, sendo que nelas permanecem por um longo período. A demanda por esse serviço tende a aumentar com a participação cada vez mais ativa da mulher no mercado de trabalho. Com estudos realizados, foram selecionados artigos de estudos experimentais, revisão bibliográfica, livros, teses e boletins de comitês de saúde, sobre as ações desenvolvidas em creches no contexto atual das crianças brasileiras e sobre a atuação do nutricionista nesta instituição. A pesquisa revelou a dualidade vivida pelos educadores entre o cuidar e o educar. Destaca a importância da instituição na formação de hábitos alimentares e discute a necessidade de aprofundamento nas questões ligadas à educação alimentar, no sentido de proporcionar à criança o conhecimento e a autonomia na escolha de alimentos. Finalmente, apresenta os principais desafios do nutricionista neste segmento e a necessidade de sua constante atualização. Ao nutricionista cabe considerar, além das necessidades nutricionais da criança, o viés educativo e de formação de hábitos alimentares.
As creches e escolas de educação infantil desempenham papel fundamental na integridade física das crianças porque podem associar – à educação – a alimentação, a higiene e os demais cuidados básicos com a saúde”, disse o peemedebista. Ele lembrou que estudos demonstram uma associação positiva entre a permanência das crianças em creches e o estado nutricional delas. Item importante do trabalho é a redução de deficiências de peso e estatura, principalmente entre as crianças com maior tempo de permanência nessas instituições.
Com nosso trabalho, temos a oportunidade de oferecer opções nutritivas e balanceadas. Pretendemos que a hora das refeições seja um momento de prazer e alegria, portanto, a nutricionista da escola elabora cuidadosamente cardápios saudáveis e agradáveis ao paladar infantil!
Em nosso plano de Educação Nutricional, os alunos praticam oficinas de culinária saudável, momentos do conto de histórias sobre os alimentos e seus nutrientes, usando livros e também, praticando diversas receitas.
Nossa intenção é, crianças mais saudáveis, fortes e menos sensíveis a doenças e problemas como obesidade, hipertensão e diabetes, oriundos de uma alimentação incorreta.